Nootrópicos são substâncias que estimulam a nossa capacidade cognitiva, seja por um incremento na memória, atenção, concentração ou motivação. Os nootrópicos são usados pelos homens há milhares de anos, sendo que atualmente inúmeros novos compostos com maior eficiência foram descobertos. Alguns exemplos de nootrópicos utilizados desde a antiguidade são o café, o chocolate e o tabaco. Pesquisadores estudam há vários anos substâncias que possam melhorar as habilidades mentais. Estas substâncias são chamadas de “estimulantes cognitivos”, “drogas inteligentes” ou “nootrópicos”. (“Nootrópico” vem do grego – “noos =” mente e “tropos” = alterado, em direção a).

Os efeitos de melhoria cognitiva podem ser variados, tais como, melhoria da memória, aprendizado, atenção, concentração, resolução de problemas, raciocínio, habilidades sociais, tomada de decisão e planejamento.

A pesquisa destas substâncias foi orientada inicialmente aos indivíduos com deficiências mentais. Posteriormente foram realizadas pesquisas em indivíduos saudáveis. É um campo com potencial ainda pouco explorado, apesar dos benefícios em potencial deste grupo de substâncias serem enormes. Entre os nootrópicos sintéticos mais recentes temos: Ritalina, Anfetaminas, Modafinil, Piracetam, etc. Os nootrópicos podem ser portanto, substâncias naturais ou sintéticas que exerçam atividade positiva sobre as funções cerebrais.

Como estas substâncias funcionam?

  • Aumento do metabolismo cerebral
  • Aumento da circulação cerebral
  • Proteção do cérebro contra danos físicos e químicos

Quais são os efeitos dessas substâncias?

  • O aumento da “energia” mental
  • Aumento da vigilância
  • Diminuição da depressão
  • Melhora da memória
  • Melhora da capacidade de aprendizagem

Nootrópicos

Nootrópico hormonal: Pregnenolona

A perda gradual da capacidade cognitiva e velocidade de processamento cerebral acometem mais de 80% das pessoas que ultrapassaram os 30 anos de idade. Um grande número de evidências científicas demonstra, de forma clara, que a queda de desempenho cerebral não é um fato irrevogável, podendo ter o seu curso modificado. Dentro deste contexto, insere-se a Pregnenolona, um dos mais importantes hormônios do corpo humano e essencial em qualquer faixa etária. A Pregnenolona é um abundante hormônio cerebral que pode ajudar no processo da memória, sendo precursor (formador) da maioria dos hormônios esteróides ( sexuais e adrenais). Além de sua função de precursor dos nossos principais hormônios sexuais e adrenais, a pregnenolona têm função de neurotransmissor e estímulo da neurogênese (formação de neurônios novos) comprovado em estudos em animais. Já em 1950, o Dr. Edward Anderson um célebre neurofisiologista, publicou no Jornal de Endocrinologia a seguinte frase “A Pregnenolona parece ter nítidos benefícios e merece a atenção do meio médico, além de não terem sido evidenciados nenhum efeito adverso na fisiologia endócrina e sua ação mostrou-se promissora no tratamento das doenças correlacionadas ao processo de envelhecimento “.

Existem diversos outros medicamentos inteligentes sintéticos com atuações diferenciadas sobre os processos mentais. Além dos nootrópicos sintéticos podemos contar com substância naturais para a mesma proposta clínica, como veremos abaixo.

Cafeína – Um dos mais antigos, mais usados e menos eficiente dos nootrópicos. Atua mimetizando o neurotransmissor adenosina e se liga aos seus receptores no cérebro inativando-os. A adenosina tem um papel inibitório no cérebro, e inativação dos seus receptores aumenta a função cerebral. Além disso a cafeína e seus metabólitos aumentam as concentrações plasmáticas de adrenalina, com isso aumentando os batimentos cardíacos e pressão sanguínea. Após longo período de uso se desenvolve tolerância e a interrupção causa depressão, irritabilidade e sonolência.

Fosfatidilserina – é uma substancia lipídica que é incorporada nas membranas de todas as células cerebrais e ela garante que haja boa comunicação entre as células, o que garante um bom funcionamento cerebral. O uso de fosfatidilserina auxilia a reduzir os níveis de cortisol fruto do aumento do estresse, reduzindo seu impacto negativo sobre o cérebro. Ela age na memória e na reversão da redução da memória causada pela idade. Trabalhos com indivíduos mais velhos mostra que a ingestão diária desta substancia mostrou melhora do aprendizado, lembrança de nomes, imagens e números comparado com pessoas que não ingeriram.

Colina ou fosfatidilcolina – colina é uma vitamina do complexo B que auxilia no funcionamento cerebral. É um componente da molécula da acetilcolina, um neurotransmissor necessário para a memória. A colina também faz parte da molécula de fosfatidilcolina um lipídio necessário pelas células cerebrais. A maior fonte de colina da dieta é a gema do ovo, que deveria ser consumida diariamente por aqueles que desejam melhorar a memória.

Guaraná (Paullinia cupana) – 1 colher de chá de pó ou utilizá-lo na forma de cápsulas pode ser interessante para aumentar a acetilcolina. Não exagerar na administração pois pode favorecer aumento da ansiedade, taquicardia e aumento de pressão arterial.

Cacau (Theobroma cacao) – usar o cacau especialmente orgânico – 1 colher de sopa ao dia melhora a função cognitiva.

Ômega-3 proveniente do óleo de peixe – o Ômega-3 é um tipo de gordura essencial uma das mais saudáveis que podemos ter. Ele auxilia no desenvolvimento cerebral em crianças e na manutenção da função cerebral normal em adultos. Podemos encontrar o Ômega-3 em sementes de chia, de linhaça, nozes e nos peixes de água fria e profunda como a sardinha, o atum, o salmão, a cavala e a cavalinha, onde a biodisponibilidade é maior que nas sementes de linhaça, mas menor que nas sementes de chia. Dois componentes ativos do Ômega-3 o EPA e o DHA são incorporados nas membranas das células do cérebro. Alguns autores têm mencionado que problemas comportamentais em crianças, principalmente com o distúrbio do déficit de atenção e hiperatividade, podem estar relacionados com uma deficiência de ácidos graxos poliinsaturados na alimentação e nas células cerebrais, principalmente a escassez de Ômega-3.

Ginkgo biloba – aumenta o fluxo sanguíneo cerebral aumentando a sua atividade e inibe a ação de uma enzima que degrada a acetilcolina, sendo assim os níveis de acetilcolina são mantidos mais tempo em níveis ótimos. Em estudos animais, o papel do Ginkgo biloba foi relacionado ao aumento do funcionamento de genes no cérebro relacionados ao aprendizado e a memória. O Ginkgo biloba por interferir com outros medicamentos não deve ser consumido sem prescrição medica.

Huperzine A (extraído da erva chinesa Huperzia serrata) – consegue inibir por 3 horas a enzima que degrada a acetilcolina (acetilcolinesterase), deixando este neurotransmissor mais tempo ativo, o que aumenta a memória. Não disponível em alimento mas em cápsulas manipuladas em farmácias de manipulação.

Antioxidantes: vitamina A, C , E, carotenóides, selênio – todos auxiliam a evitar o processo de oxidação no cérebro que reduz as suas funções. O cérebro é altamente suscetível a oxidação devido ao seu alto conteúdo de lipídios e a baixa concentração de antioxidantes cerebrais. O ideal é ter fontes alimentares variadas como castanhas do Brasil e outros frutos oleaginosos como sementes de abóbora, girassol, nozes e amêndoas. A vitamina C amplamente distribuída em frutas como laranja, acerola, goiaba, morango e em vegetais verdes escuros como brócolis, couve e salsinha. Os carotenóides estão disponíveis em vegetais verdes escuros, amarelos, laranja e avermelhados.

Ginseng (Panax ginseng) – para a memória e ajuda a se adaptar ao estresse, um dos maiores causadores da redução de memória em indivíduos jovens. A partir da redução dos efeitos do estresse o ginseng auxilia na melhora da memória.

Óleo de abóbora, semente de abóbora – contém beta-sitosterol, uma molécula que consegue fazer com que a adrenal produza menor quantidade de hormônio do estresse, levando a uma maior atividade cerebral.

L-Tirosina e L Fenilalanina: Aminoácido precursor de dopamina. Aumenta as concentrações de dopamina levemente. Estudos revelam desempenho semelhante a anfetaminas em pessoas sem dormir.

Creatina: Aumenta disponibilidade de energia no cérebro. É a principal fonte energética do mesmo.

Coenzima Q10: Aumenta disponibilidade de energia no cérebro, tem papel no ciclo de Krebs na mitocôndria (e faz bem pra um bando de outras coisas).

Vitaminas do Complexo B: As vitaminas B1, B6, B2 e o ácido pantotênico (B5) são cofatores na produção de dopamina.

Veja no quadro abaixo alguns nutrientes importantes envolvidos no bom funcionamento cerebral:

Nutrientes

Fontes

Tiamina (B1) Gérmen de trigo, ervilha, cereais matinais, batata, pão vitaminado.
Niacina (B3) Peixe, leite, queijo, ervilha, vegetais verdes, ovos, batata.
Piridoxina (B6) Banana, brócolis, peru, peixe, couve-flor, abacate, cereais matinais, agrião.
Cianocobalamina (B12) Cereais matinais, carnes, extrato de levedo, atum, queijo, nozes, farelo de trigo.
Ácido Fólico Vegetais verdes, salsa, espinafre, beterraba, cereais matinais, agrião, brócolis, couve.
Colina Gérmen de trigo, aveia, leite, gema de ovo, presunto, carne de soja, feijão, nozes, suco de laranja.
Inositol Carnes, peixes, broto de feijão, hortaliças, feijão, melado, soja, milho, cereais integrais.
Fosfatidilserina Ovo caipira
Ácido docosahexaenóico (DHA) Alimentos ricos em Ômega-3: semente de milho, salmão, noz, canola, verdura de folhas verdes.
Magnésio Vegetais verdes, cereais integrais, camarão, damasco, soja, gérmen de trigo, mel, caqui, lentilha, feijão.
Cromo Frutos do mar, carnes, cereais integrais e grãos, queijo, batata, banana.
Manganês Vegetais verdes, cereais integrais, grão de bico, soja, alho, aveia, banana, agrião, frutas, gema de ovo.
Ferro Carne e caça, sardinha, vegetais verdes, damasco, grãos, ameixa-preta, melado, lentilha, feijão, gema de ovo.
Tirosina Ovos, carne vermelha, queijos, nozes.
Triptofano Banana, leite, cacau, carne vermelha, peixe, peru, queijo.

A falta de alguns desses nutrientes pode causar: mudança de personalidade, irritabilidade, depressão, perda do senso de responsabilidade, aprendizado lento, perturbações visuais, problemas auditivos, confusão mental, cefaleia, demência, fadiga, problemas de memória, paranoia, hiperatividade, alterações emocionais, ansiedade.

 

O Piracetam foi um dos primeiros medicamentos a ser utilizado contra a demência senil, também conhecida como doença de Alzheimer. É uma condição de natureza crônica e progressiva, caracterizada pelo desenvolvimento de múltiplos déficits nas funções intelectuais (memória, fala) e alterações da personalidade é um ativador do metabolismo cerebral que age no sistema nervoso central, protegendo o córtex cerebral contra a hipóxia. É também utilizado no acidente vascular cerebral (AVC), alcoolismo, distúrbios de atenção, distúrbios da concentração, distúrbios do comportamento, involução senil, toxicomania. Problemas digestivos são os principais efeitos colaterais do uso do Piracetam.

Hydergine é um medicamento vasodilatador cerebral que tem como substância ativa a Codergocrina. Esse medicamento é indicado para Sinais e sintomas de deterioração mental especialmente aqueles relacionados ao envelhecimento: tontura, cefaleia, pouca concentração, desorientação, comprometimento da memória, falta de iniciativa, depressão do humor, insociabilidade, dificuldades com as atividades diárias e cuidados pessoais. Doença vascular cerebral aguda. Distúrbios vasculares periféricos. Sintomas subjetivos associados a hipertensão arterial.. Os efeitos colaterais do uso deste medicamento são distúrbio gastrintestinal, náusea, obstrução nasal. Não usar durante a gravidez.

A Selegilina é utilizada no tratamento do Mal de Parkinson, ao inibir irreversivelmente a enzima MAO B que degrada a dopamina, aumentando assim seu efeitos. A selegilina pode aumentar a transmissão dopaminérgica através de outros mecanismos como o de impedir a recaptura da dopamina ao nível da sinapse. Apresenta grande efeito no sistema nervoso central, diminuindo os “tremores” característicos da doença. Como efeitos colaterais costumam aparecer com frequência, porém não muito severa, náuseas, enjoos, fraqueza, dor abdominal, confusão, alucinações, sensação de boca seca, sonhos vividos e discinesias.

Arcalion: Está envolvido no sistema ativador reticular. Aumenta a densidade de receptores de dopamina e a densidade de glutamato. Tem um efeito, ainda pouco comprovado, na memória e na atenção.

Vasopressina: Hormônio que melhora a circulação de sangue no cérebro. Também conhecido como hormônio antidiurético.

Vimpocetina: Vasodilatador cerebral, aumenta a circulação dos vasos sanguíneos cerebrais e a memória de médio prazo.

Nicotina: Aumenta o funcionamento dos receptores de Acetilcolina e a concentração.

Lecitina/Colina: Precursor de acetilcolina. Aumenta a concentração de acetilcolina levemente. A colina pura é muito mais eficaz, pois está em maior concentração.

 

 

Referências

Smart Drugs?

https://faculty.washington.edu/chudler/smartd.html

Study of the protective effects of nootropic agents against neuronal damage induced by amyloid-beta (fragment 25-35) in cultured hippocampal neurons.

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25712658

Nootrópicos: Rompendo o Status Quo Bias

https://brainstormers.wordpress.com/2009/08/18/nootropicos/

Reeducação Alimentar na Família. Da gestação à adolescência. Joselaine Silva Stürmer. Ed. Vozes. 2011.

Nootropic Properties of Huperzia Serrata

https://www.onnit.com/huperzia-serrata/

Huperzine A Uses, Benefits & Dosage

http://www.drugs.com/npp/huperzine-a.html

Dr. Roberto no Instagram

Visualize as dicas e informações para uma vida mais saudável direto no Instagram


Acessar

Dr. Roberto no Facebook

Dr. Roberto Franco do Amaral Neto
Dr. Roberto Franco do Amaral Neto
Médico CRM: 111370

101 Comentários

  1. Tarcisio disse:

    Faço uso do Pregnenolona e não vi nenhum resltado;

  2. Anonimo disse:

    tomei um comprimido de piracetam sendo que eu que já tinha boa memória, o troço potencializou. me fez lembrar mtas coisas, boas e más além que ter incrementado outros sentidos como paladar, olfado, audição, visão (já era boa, ficou excelente). a partir daí tomei três meses seguidos. o primeiro mes sinceramente mudou completamente minha cabeça, modo de pensar, agir, falar. acredito que pôs pra fora anos de conhecimento aprisionado no mestrado e doutorado. acordava de noite com a capacidade de compor mtas músicas que ficavam na minha cabeça sendo que tinha mais de 12 anos que não estudava música. no segundo mes foi mais uma manutenção dos efeitos do primeiro mes e no terceiro os efeitos colaterais: irritação, insonia e comecei a falar demais, algo que nunca foi normal na minha vida. pq sempre fui mto quieto, calado, reservado. gostaria de ter tomado esse nootropico há mais tempo…

    • Bom saber!! Obrigado pelo depoimento

    • Daniel disse:

      Oi, você tem feito o tratamento diretamente com o Piracetam ou já havia tentado ritalina antes? Será que é diferente? Outra coisa: você está fazendo acompanhamento mês a mês? Como é feita a manutenção?

    • Sissy disse:

      Olá bom dia, consegues arranjar me? Estou em fase de exames e não consigo estudar devido ao cansaço e em Portugal e complicado arranjar! Obrigada

    • Mario disse:

      Testei pramiracetam, noopept e aniracetam. Destes, considero disparado o melhor nootropico para quem quer se sentir mais feliz, sociável, criativo, focado e inteligente o Aniracetam. Seu efeito é leve, bem leve, mas é real. Afinal, estamos falando de um ajudante, e não de uma droga fortíssima. Eu tomo diariamente faz alguns meses, parece que não funciona mais pois me acustumei com o efeito (suave), mas faz efeito sim. É só você notar que se sente bem. Fique sem tomar uns dias e compare seu humor e seus relacionamentos. Modafinila eu já tomei algumas vezes, o efeito é extremamente potente, mas faz bem mal consumir diariamente, pois é uma anfetamina e atrapalha na produção de melatonina e do hormônio do crescimento. Recomento fortemente o Aniracetam. Para quem quer comprar no Brasil, sugiro o aniracetam.com.br, pois sei que eles entregam o produto verdadeiro, importado de bons fornecedores. Sou químico e conheço bem a textura, o sabor e o aroma e já comprei com eles e estou satisfeito.

  3. Giani disse:

    Bom dia doutor, sabe se a importação para uso próprio de Vimpocetina, L-Tirosina, Colina (alpha gpc), piracetam e outros racetans(prapiracetam, aniracetam etc) são permitidas?

  4. Giani disse:

    Oi Roberto, o único dos racetans que encontrei aqui no Brasil foi o Piracetam. O único que vale a pena comprar aqui é Vimpocentina, os outros n, até 3x mais caro e dose 2,3x menor. Prefiro importar mesmo, mas não sei se é permitida a importação, nem se precisa de receita…

  5. vademecum disse:

    Estudo p/ concursos e estou tendo problemas com concentração.
    Já tomei Ritalina (ano passado); fui parando aos poucos e continuei estudando normalmente sem ela. Mas agora estou tendo dificuldades para me concentrar novamente, porém quero uma alternativa à Ritalina.
    O Piracetam seria indicado?

  6. Renato disse:

    Nunca tomei nenhum destes medicamentos, Qual seria mais indicado no meu caso? Qual é o melhor?
    Como a maioria pretendo ter mais capacidade cerebral.

  7. Sergio Silva disse:

    Bom Dia, Dr.Roberto.

    Trabalho com tecnologia, e muitas vezes na semana, tenho que virar o dia, e me sinto muito cansado ultimamente, com sono pesado, fraqueza no corpo.O que me recomenda a fazer? Estou pesquisando tais medicamente, mas qual tipo de médico(Especialidade) para tratar deste assunto?

    Muito Obrigado, sucesso sempre.

  8. Arilson Fontenele disse:

    Dr. Roberto o que acha desses novos suplementos que são bem populares nos EUA como AlphaBrain ?

  9. José Neto disse:

    Não sabia que o Ginkgo Biloba não podia ser administrado com outros medicamentos! Sempre tomei, e por ele ser fitoterápico não achei que poderia haver alguma complicação.

  10. zenaide disse:

    Tomei cafeína 250 MG as 9 da manhã e a 1 da madrugada ainda estou ativa…falava sem parar…e ajudou na atenção…. para treinar também

  11. valdeci gabriel disse:

    POSSO TOMAR ESSE TAL PIRACETAM ,PRECISA DE RECEITA?

  12. Rodrigo disse:

    Olá Dr, Boa tarde;

    Esta dosagem é perigosa? eu não acredito pela dosagem… bem abaxo do limite diário.

    40mg Noopept,130mg Sulbutiamine,340mg Aniracetam,
    160mg Choline Bitartrate

    O sr pode expressar sua opinião sobre este assunto?

  13. Joyce disse:

    Crianças de 11 anos pode toma piracetam para concentração?

  14. Dirce Gobbi disse:

    Fiz uso algumas vezes de Arcaliom ,me fazia muito bem, mas agora estou com Doença de Parkson .o Arcaliom pode ter desencadeado o Parksom???

  15. ANGELO MARTINS disse:

    Faço uso de Ritalina 10mg e Piracetam 800mg a menos de 15 dias ainda não surtiu efeito, algum problema.?

  16. Amanda disse:

    Tenho dificuldade de aprendizado, então qual seria o mais indicado Piracetam ou Ritalina? E qual tem um efeito colateral menor?

  17. Raphael disse:

    Já fiz uso de ritalina e concerta medicado por psiquiatra, pois sou tdah desde a infancia e precisava me concentrar mais no trabalho e nos estudos. Diria que os efeitos colaterais não compensam o foco e a concentração. Isto pq com o passar do tempo, o corpo se acostuma com a droga e ela vai perdendo efeito, fazendo com que as doses sejam aumentadas. no final eu vivia dopado e não curti muito. continuo estudando pra concurso e pro mestrado sem nada. Prefiro assim. Só alerto uma coisa: não tome ritalina e vá malhar nem correr… se não quiser um coração explodindo. não use por conta propria, é uma droga msm, viciante e eufórica. Além de tudo , mtos efeitos colaterais…

  18. Jorge Luís disse:

    Estou usando o Vicog 5mg (Vimpocetina) associado a Ritalina normal para o meu TDAH.

  19. Cadu disse:

    Tenho comorbidades (alguns traços de transtornos que não chegam a ser o transtorno em si, mas conjuntamente acabam me causando danos – digamos assim). E um deles é que meu cérebro trabalha a 7200ppm, ou seja, não para. Chega a noite, piora. E apesar disso, minha memória andava muito ruim. Comecei a tomar o Piracetam. Tomava 3 comprimidos de 800mg ao dia, por 3 meses. Só fiquei irritado e com insônia. Falei para o meu médico (ele não sabia que eu estava usando) e ele falou que era apenas placebo. Receitou outros dois: um bastante indicado para TDAH e outro que é antidepressivo mas que acaba ajudando a cessar o tabagismo (não quero citar os sais ou os nomes). Passei mal com os dois. Pra rir, né.

  20. […] Clique aqui para ler sobre o assunto. […]

  21. Liliane disse:

    Dtr Roberto preciso muito de sua ajuda qual medicamento posso tomar para meu cérebro ser mais ativo, sou muito esquecida e tenho dificuldade de assimilar as coisa poderia me ajudar?

  22. bianca disse:

    posso tomar capsulas de cafeina junto com Pregnenolona todos os dias ?

  23. Rosana Vitorino disse:

    Boa noite a todos. Gostaria de dizer que esse mundo dos nootrópicos passou a me fascinar há pouco tempo. Tive conhecimento sobre o assunto mais ou menos há um mês, isso porque estou estudando para prestar um concurso público. Bom, em minhas pesquisas na internet, encontrei um blog que achei muitíssimo interessante e também muito completo, pelo menos para mim que sou leiga no assunto. Eu estou tomando o stack piracetam (nootropil), lecitina de soja (colina) e Rhodiola rosea (Fisioton). Eu não posso dizer que sinto uma diferença acentuada. As vezes tenho a sensação de que as cores estão mais fortes, as vezes uma sensação de felicidade, as vezes fico emocionada. Falando em cognição, bem, tenho vontade de estudar a respeito de coisas que me chamam muita atenção, como por exemplo, posso ficar horas lendo sobre como melhorar o cérebro, ou então: semana passada assisti ao filme Anjos e Demônios e assim que o filme acabou fui pesquisar sobre a tal da antimatéria e a tal “partícula de Deus” e fiquei horas lendo sobre o assunto. Porém, quando me vejo obrigada a fazer alguma coisa (como estudar para o concurso), não percebo diferença por conta dos remédios. Sendo assim, posso afirmar que, para mim, o remédio não tem o efeito de melhorar a determinação. E nem poderia, pois em nenhum artigo que li, dizia que melhorava a determinação. Achei importante dizer isso, pois as vezes podemos confundir as coisas. Quando achamos que precisamos de algo para melhorar a memória, o foco e a capacidade de absorver mais informação, podemos na verdade estar precisando é de mais determinação, pois o remédio pode intensificar o aprendizado de coisas que lhe despertam interesse, porém pode não ter o mesmo resultado quando você está estudando algo que não lhe agrada muito. E determinação, meus amigos, temos que tirar de lá de dentro. Outra coisa que percebi: estou sentindo muito mais sono do que antes. Eu durmo mal a noite e fico o dia inteiro com fadiga. Mas isso acredito que posso resolver com atividades físicas regulares e uma boa alimentação. Dores de cabeça eu não senti e também nenhum outro efeito colateral físico. Vou continuar tomando o stack até acabarem os remédios. Vou incluir ginkgo ou ginseng ou talvez os dois (por conta da fadiga) ainda não sei. Ah, outra coisa é que passei a falar mais, coisa que eu já fazia bastante, porém agora eu consigo falar e talvez escrever com mais fluidez. A verdade é que os efeitos realmente diferem de organismo para organismo. O importante é sempre procurar uma orientação médica para saber se você está apto para tomar o que quer que seja. Ah, e antes que eu me esqueça, http://www.cerebroturbinado.com . Eu não chequei as fontes, (até porque todas elas estão em inglês) por isso não posso dizer se é tudo verdade ou não. Mas a maneira como o menino escreve é muito fluida e demostra bastante conhecimento no assunto. Mas a conclusão é de cada um. Beijos a todos e vamos estudar! 😉

    • Muito obrigado pelo depoimento, pode ajudar muita gente!

    • Deja disse:

      Rosana,

      Li o seu relato e me identifiquei bastante pois, quando nos interessamos por tais medicamentos, o nosso foco não é se concentrar em qualquer coisa, mas naquilo que nos vai trazer proveito, no caso, estudo para concursos. Também já me vi horas lendo sobre suplementos ou outros assunto qualquer mas não consigo focar o mesmo tempo em meus estudos. Vi que vc tem dificuldades no sono e algo que me ajudou muito foi tomar cloreto de magnésio. Aliás, pode pesquisar bastante e encontrarás ótimas referências sobre ele. Tomo um cálice de uns 30ml ao deitar. Meu sono se tornou profundo, o que é fundamental para reter o que estudou antes. Mas é como vc disse; o que mais precisamos é a determinação. Excelente observação!!

    • Richard disse:

      Parabéns gostei do seu depoimento…. Vdd vc fala bastante rsrsrs
      Essa é uma boa mistura que vc esta fazendo.
      Acrescente a essa mistura Stavigile
      Bjs ????

  24. Maria disse:

    Realmente quando estamos procurando turbina o cérebro pra estudar focamos nas pesquisas sobre as medicações. Há 2 dias tomando ritalina por conta própria. Preciso de um medicamento q me faça memorizar o q estudo.

    • Richard disse:

      Maria para tal use fisioton que é radihola rosea…. Excelente para memoria a longo prazo e se quiser potencializar use nootropil… Na farmácia vende sem receita médica

  25. Neto disse:

    É possível um médico receitar modafinil para aumentar concentração nos estudos mesmo sem a pessoa ter narcolepsia?

  26. TOVAR DE PAULA ARAUJO disse:

    estou querendo tomar piracetam, mas tenho medo que seja “bolinha”
    (anfetamina) gostaria de uma confirmação.

  27. TOVAR DE PAULA ARAUJO disse:

    estou querendo tomar piracetam, mas tenho medo que seja “bolinha”
    (anfetamina) gostaria de uma confirmação.não entendi desseque o assunto.

  28. Rogério Seinas disse:

    Doutor, eu tomo selegelina. Esse medicamento pode ser usado por qto tempo?

  29. Caroline disse:

    Boa Doutor,

    Estudos para concurso há algum tempo e nunca fiz uso dessas substâncias, exceto centrum que tomo todos os dias e o guaraná quando estou muito desanimada. Não tenho dificuldade para me concentrar, mas tenho dificuldade de memorizar tantos prazos, leis, detalhes. Enfim, queria dar uma potencializada no cérebro e comprei o ginseng coreano (tem o branco e vermelho) aqueles concentrados em embalagem para uso diário. Li que a maioria dos coreanos tomam isso durante toda a vida para preservar e melhorar o metabolismo do cérebro. Minha dúvida é se há algum problema em fazer uso, como o vício ou há necessidade de aumentar a dose, ao longo da vida, para que o cérebro continue em funcionamento.

    Desde já, agradeço pelo artigo e esclarecimentos. Obrigada!

  30. ADRIEL . FRANKLIN disse:

    Tudo bem Dr Rodrigo Franco, gostaria de tem um suporte, pois já busco a algum tempo um tratamento para TDAH/ Ansiedade mais atualmente não tenho um resultado satisfatório. Fui diagnosticado a 2 anos e tentei o tratamento convencional mais sem efeito esperado, atualmente estou fazendo suplementação com ômega 3, óleo de figado de bacalhau, NRG mais umas vitaminas e L teanina 200mg, como posso aumentar minha concentração é suprimir os sintomas do TDAH?
    Já de antemão Grato!

  31. Elaine Cristina Guilherme de Almeida disse:

    bom dia se fizer um desses manipulado vai fazer o mesmo efeito,igual o de farmácia

  32. thelminha disse:

    Boa Noite DR como faço pra comprar o Nootropicos aqui em cuiaba mt

  33. Tiago disse:

    Existe algum sem efeitos colaterais? O mais natural possível?

  34. Opa, tudo bom?
    Adorei o vosso artigo. Vou tornar-me vossa seguidora e acompanhar todas as vossas novidades.

    Valeu pelo compartilhamento

    Um beijo

  35. bom dia!
    Amei os posts e gostaria de saber se o piracetam
    manipulado faz o mesmo efeito ou apresenta uma maior demora nos resultados.
    é que o neuro do meu filho passou manipulado

  36. Gleyci disse:

    vimpocetina 5mg é bom para concentração e memoria pois estou estudando para vestibular

  37. Joelma Almeida disse:

    Dr. Roberto,

    As pessoas precisam compreender que já utilizamos tantas drogas em nosso dia a dia, e que o uso de medicamentos, principalmente os descritos acima, são perigosos para a nossa saúde e não devem ser utilizados sem prescrição médica. Precisamos ter em mente que nem sempre os fins justificam os meios.

    Adorei as dicas, prefiro os alimentos naturais e correr menos riscos!

    Joelma Almeida

  38. Lydiane disse:

    Dr. Sobre o Cognitus quem toma bupropiona pode usar? Tem alguma reação que apresente risco? Obrigada

  39. Richard disse:

    Olá dr gostaria de saber se fisioton (radihola rosea) e nootropil é uma boa mistura?
    Não encontrei em nenhum lugar falando a respeito.
    Tenho os dois mas ainda não fiz uso. O que acha?
    Agradeço desde já.

  40. Alex Brasil disse:

    Dr. fui comprar 500 mg de ginseng manipulado em laboratório, Me disseram que só com receita médica, isso procede?
    E se nao procede O laboratório pode impor essa norma no estabelecimento?

  41. Leonardo Soccol disse:

    Olá Doutor Roberto, tudo bem ? Gostaria de contar com sua ajuda. Gostaria de algum Suplemento que ajude no foco/concentração para assim estar absorvendo melhor a leitura . Queria algo como por ex ritalina ,mas que fosse natural, Já tomei rodhiola rosa uma vez mas não me adiantou .. O que o senhor me recomenda para tomar para ajudar no foco e concentração para assim absorver melhor o conteúdo. Tenho prova daqui 2 meses então esses dois meses quero dar o máximo. E acho que é bem possivel que eu tenha sindrome do pensamento acelerado.

  42. Eu tenho a característica TDAH e faço alguns testes com Nootropil 800mg e infelizmente não sinto diferença.

    Já tentei tomar 5 cápsulas ao dia e a única diferença é que diminuiu o sono durante o dia.

    A melhor medicação que já tomei para o cérebro é o Concerta 54mg mas infelizmente é muito caro e altamente viciante.

    Att. Darlion

  43. Pedro de Souza Junior disse:

    Boa tarde dr. Roberto. Quanto ao Vicog que tem o princípio ativo a vimpocetina, posso tomar por quanto tempo ? Há restrições e tomar continuamente?

  44. Luís Carlos de araújoMarinho disse:

    MEU NOME É LUIS CARLOS TENHO 52 ANOS, PRECISO ME PREPARAR PARA UM CONCURSO E NECESSITO MELHORAR MEU DESEMPENHO CEREBRAL.

    • Richard disse:

      Então use Stavigile com noopept.
      Excelente mistura… Não existe nada melhor.

    • Richard disse:

      Use tb natusgerin
      Noopept tem que importar. 400.00 /100gr
      Stavigile tarja preta.. Só com receita B2 então vai ter que passar no psiquiatra ou no neuro e jogar a real pra ele… Dizer que está sem concentración pra estudar que tem muito sono diurno e bla bla bla… Custa na ultrafarma 87.00 reais
      Natus gerin na ultrafarma custa 30.00 reais se não me engano.
      Faça uso dessas 3 substâncias e vai notar a diferença…. Não existe nada igual para concurseiros.
      Abraços e buena suerte.

  45. Luís Carlos de araújoMarinho disse:

    Dr. Roberto, eu tenho artrite e faço uso de tecnomed 2,5 mg, e tenho disfunção mitral bem discreta sem graves problemas, eu posso fazer uso de Fisioton?

    l.cmarinho@yahoo.com.br

  46. Richard disse:

    Dr faço uso de Stavigile e bupropiona e noopept.
    Mas gostaria de saber qual a melhor mistura pra memoria de longo prazo para solidificar os estudos. Sendo que a bupropiona e o Stavigile me deixam focados.
    Tenho tdah.
    Obrigado desde já.

  47. Helena disse:

    Boa tarde,

    Estou a usar o Mind Lab Pro e gosto bastante. No entanto, numa pesquisa pela internet constatei que nos EUA(USA) o PROVASIL é bastante mais utilizado e recomendado.

    Gostava da sua opinião sobre o PROVASIL, se conhecer.

    Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *