As tendências alimentares para 2017, de acordo com o Whole Foods Market

Os compradores e especialistas desta cadeia de supermercados preveem quais alimentos, bebidas e tendências nutricionais ganharão força no novo ano.

O Whole Foods Market é uma cadeia de supermercados norte-americana caracterizada por vender exclusivamente alimentos sem conservantes, corantes, aromatizantes, edulcorantes ou gorduras hidrogenadas artificiais. É o primeiro supermercado orgânico certificado dos Estados Unidos, o que significa que ele garante o padrão de qualidade do Programa Nacional de Orgânicos dos EUA. O Whole Foods Market é um líder dinâmico no negócio de alimentos de qualidade. Os compradores e especialistas desta cadeia de supermercados preveem quais alimentos, bebidas e tendências nutricionais ganharão força no novo ano.

 

Abaixo, a lista TOP 10 das tendências da empresa para 2017:

Bebidas com superalimentos

O Whole Foods espera ver mais bebidas saudáveis engarrafadas, que tragam os poderosos benefícios dos superalimentos nos seus ingredientes. Procure pelas bebidas adicionadas com maca, açafrão e vinagre de maçã.A maca é antioxidante e neuroprotetora, diminui a fadiga, reduz do nível de glicose, melhora a espermatogênese e a libido, o açafrão tem demonstrado propriedades antiviral e anti-inflamatória , e o vinagre de maçã pode ajudar a regular o açúcar no sangue e melhorar a saúde digestiva.

Produtos derivados

Analistas preveem que os fabricantes irão criar novos alimentos a partir de produtos que normalmente são jogados fora, por exemplo o soro do leite que é extraído ao se fazer iogurtes ou queijos pode ser usado em  legumes lacto-fermentados ricos em  probióticos. O  líquido que sobra depois cozinhar grão-de-bico (chamado aquafaba) pode ser usado para  fazer uma “maionese vegana”. (Sim, uma marca já está fazendo isso).

Coco em tudo

O óleo de coco já está servindo para produzir tortilha de coco. O coco está agora surgindo na forma de sanduíches, batatas fritas, e outros produtos que a maioria das pessoas nem imaginava. O coco é um dos alimentos mais nutritivos para a nossa saúde. Em suas mais diversas formas e composições, a fruta possui um arsenal de substâncias essenciais para o bom funcionamento do organismo. Além disso, o coco tem propriedades fortalecedoras do sistema imunológico, pois é rico em ácido láurico, componente com propriedades antimicrobiana. O coco oferece vitaminas e minerais que fortalecem o sistema imunológico. A água de coco, por exemplo, regula o intestino, ajuda a hidratar e combate a retenção de líquidos. Ele também é rico em potássio, tanto a água como a polpa, que auxilia no bom funcionamento do coração, mantém a pressão arterial e protege a função neuromuscular.

Resultado de imagem para petisco de coco

 

Comida japonesa, além de sushi

A dieta japonesa recebeu elogios durante o ano passado graças a uma nova pesquisa que ligava as práticas alimentares balanceadas (que envolvem peixes, plantas e legumes) a uma vida mais longa. Mas, além do sushi, sashimi (e desses sushirritos que temos visto no Instagram), o Whole Foods prevê a popularização de condimentos típicos da culinária japonesa, como ponzu, miso e óleo de gergelim. O ponzu é um molho à base de limão utilizado na culinária japonesa. É de sabor muito ácido, com uma consistência fina e aquosa e uma coloração amarelo-clara. O miso ou missô é um ingrediente tradicional da culinária japonesa feito a partir da fermentação de arroz, cevada e soja com sal. O óleo de gergelim, graças à presença de compostos com alto potencial antioxidante, pode trazer diversos benefícios, tanto para o organismo interno, por meio da ingestão, quanto para o organismo exterior (corpo e cabelos), possibilitando sua aplicação em cosméticos e até fármacos. Além do seu alto poder antioxidante, o óleo de gergelim possui diversas propriedades, como: Anti-inflamatório; Anti-hipertensivo; Hidratante; Antienvelhecimento; Proteção dos raios UV. Com essas propriedades, o óleo de gergelim pode ser aplicado na manutenção, proteção e hidratação da pele e dos cabelos.

Condimentos criativos

Com a expansão de diferentes cozinhas pelo mundo, as pessoas estão dispostas a testar “novos gostos”, o que, na prática, significa novos temperos. Isso inclui salsa de beterraba, geleia de pimenta habanero, tahini de gergelim preto e ghee (manteiga clarificada que é popular em alguns países da Ásia e Oriente Médio).

Repensando a massa

Além do macarrão sem glúten, feito de grão-de-bico, quinoa e lentilha, que estão se tornando mais populares, a nova tendência é o espaguete feito de abobrinha (zoodles). Trata-se de tirar bem fios de abobrinha que lembram espaguete e são servidas com molhos variados. Ou então pode tentar algo além, como o espaguete de algas. Zoodles são uma alternativa incrivelmente fresca e saudável para as massas (noodles). Zoodles são uma maneira divertida de aumentar a quantidade de legumes que comemos, especialmente as crianças. Enquanto 1 xícara de massa cozida contém 221 calorias e 43 g de carboidratos, a mesma quantidade de zoodles contém 25 calorias e 4.6 g carboidratos, além de vitaminas adicionais, nutrientes e antioxidantes não encontrados em massas processadas.

Beleza em movimento

Se você é uma devota de produtos de beleza naturais, essa tendência é para você. O Whole Foods espera que mais produtos naturais de maquiagem  e cuidados com a pele  ganhem  espaço nas prateleiras, especificamente produtos com ingredientes multi-funcionais e aqueles que são super simples de aplicar enquanto estiver em movimento.

Poder  dos alimentos de cor púrpura

Receitas  com alimentos de cor purpura devem crescer em 2017, incluindo uvas roxas, berinjela, beterraba, batata doce (a rosada), arroz negro e açaí. São ricas em  antioxidantes, fibras e vitamina B. As uvas são ricas  em flavonoides e resveratrol, já a beterraba é fonte de óxido nítrico e pode ajudar na saúde do coração e na potência sexual.

purpura

 

Preparo consciente da refeição

Em 2017, o preparo de refeições se concentrará em mais do que tentar comer melhor, ou na esperança de economizar dinheiro em almoços com alimentos caros. O próximo nível: ser mais consciente de desperdício de alimentos e tentar esticar cada compra de supermercado em tantas refeições quanto possível.

Referências

The Food Trends to Watch in 2017, According to Whole Foods

http://www.health.com/food/whole-foods-food-trends-2017?xid=socialflow_twitter_health

These Are the Real Health Benefits of Apple Cider Vinegar

http://www.health.com/nutrition/apple-cider-vinegar-benefits

You Should Probably Be Eating More Turmeric. Here’s How

http://www.health.com/nutrition/tumeric-tips

Superalimento: Conheça os benefícios do coco para a saúde!

http://www.conquistesuavida.com.br/noticia/superalimento-conheca-os-beneficios-do-coco-para-a-saude_a1882/1

How to Eat Like a Japanese Person

http://time.com/4267661/japanese-food-healthy-diet-longevity/

38 Popular Diets Ranked From Best to Worst

http://www.health.com/weight-loss/38-popular-diets-ranked-from-best-to-worst

Óleo de gergelim proporciona benefícios à saúde e nutre pele e cabelos

http://www.ecycle.com.br/component/content/article/67-dia-a-dia/3949-oleo-de-semente-gergelim-beneficios-saude-pele-cabelo-natural-culinaria-dieta-proteinas-nutrientes-antioxidante-sesamo.html

 

 

 

Dr. Roberto Franco do Amaral Neto

Dr. Roberto Franco do Amaral Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidAs