Insulina , Cortisol e Queima de Gordura
19/03/2014
Terapia de Reposição de Testosterona e Qualidade de Vida
11/04/2014
Mostrar todos

Terapia de reposição androgênica na disfunção erétil causada por Diabetes Mellitus Tipo 2.

(Last Updated On: 26/03/2014)

A Diabetes Mellitus do Tipo 2 (DMT2) tornou-se uma importante questão de saúde pública, sendo considerada um fator de risco para a Disfunção Erétil (DE). A DMT2 também está associada com a deficiência androgênica. Apesar de alguns estudos com a Terapia de Reposição Androgênica (TRA) no tratamento da DE em modelos animais com DMT2 terem sido realizados, o mecanismo básico para o efeito da TRA sobre a DE induzida pela DMT2 permanece obscuro.

Pesquisadores japoneses liderados pelo Dr. Kataoka investigaram o efeito da Terapia de Reposição Androgênica na Disfunção Erétil em ratos com DMT2 da linhagem OLETF, através da avaliação dos fatores inflamatórios e relacionados ao óxido nítrico (NO) em trabalho publicado no Journal of Sexual Medicine em janeiro deste ano.

Para isto utilizaram como modelo os ratos diabéticos da linhagem OLETF (Otsuka Long-Evans Tokushima Fatty) e seus controles, ratos LETO (Long-Evans Tokushima Otsuka, que foram distribuídos em três grupos: LETO, OLETF e TRA. No grupo TRA, ratos OLETF foram tratados diariamente com testosterona (3mg/kg/dia, por via subcutânea) entre a vigésima e a vigésima quinta semana de idade. Os ratos dos grupos LETO e OLETF receberam apenas o veículo, sem a testosterona.

Após o período de tratamento, a disfunção erétil foi avaliada por meio de medidas da razão entre a pressão intracavernosa (PIC) e a pressão arterial média (PAM), após estimulação elétrica do nervo cavernoso, e pela avaliação da função endotelial do corpo cavernoso em um estudo de tensão isométrica. A expressão da NO sintase (eNOS), da NO sintase induzida (iNOS), sirtuina-1 (Sirt1), interleucina-6 (IL-6) e fator de necrose tumoral alfa (TNF-α) tiveram seus mRNAs analisados por PCR (Polymerase Chain Reaction).

4

Os pesquisadores concluíram que a TRA suprime a inflamação em ratos com DMT2 e distúrbios metabólicos a melhora as suas funções endotelial e erétil. Portanto este estudo demonstra que a Terapia de Reposição Androgênica é efetiva na disfunção erétil induzida por diabetes do tipo 2 e pode ser considerada como um método de tratamento em potencial para a Disfunção Erétil.

Artigo produzido pelo Dr. Mauricio Heleno e Roberto Franco do Amaral Neto

Fontes:

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24467772

J Sex Med. 2014 Jan 28. International Society for Sexual Medicine.

Dr. Roberto no Instagram

Visualize as dicas e informações para uma vida mais saudável direto no Instagram


Acessar

Dr. Roberto no Facebook

Dr. Roberto Franco do Amaral Neto
Dr. Roberto Franco do Amaral Neto
Médico CRM: 111370

2 Comentários

  1. marcos antonio saul dantas disse:

    dotor roberto estou com ormonio muito baixo e tenho diabete gostaria de saber como fazer a reposição e que remedio devo tomar pos são muito caro não tenho condição de compra oque fazer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *